segunda-feira, 3 de junho de 2013

Mais duas medalhas para a Bamberg, na Libertadores da Cerveja.


 
No último 25 de maio ocorreu a terceira edição do South Beer Cup, competição que reúne apenas cervejas da América do Sul e a Bamberg ganhou duas medalhas.

Bamberg Camila Camila: Prata no estilo German Lager;
Bamberg Helles: Prata no estilo Other German Lager.

Obrigado a todos vocês que estão sempre juntos conosco, é a nação Bambergeriana.

Abaixo nosso currículo de prêmios:

01/05/2008: Jornal O Estado de São Paulo, caderno Paladar, a Bamberg Pilsen do Brasil; 
18/11/2009: Bamberg Rauchbier, medalha de prata no European Beer Star 2009, Alemanha, na categoria Smoked Beer. 

25/11/2009: A cervejaria Bamberg ganha o Prêmio Paladar 2009 como produto do ano: cerveja artesanal.

08/02/2010: Na revista Prazeres da Mesa a Bamberg Rauchbier foi eleita a segunda melhor cerveja disponível a venda no Brasil, entre nacionais e importadas, dentre todos os estilos.
20/05/2010: Acontecem as premiações do Australian Beer Awards: Prata para Bamberg Rauchbier e Bronze para Bamberg München e Bamberg Schwarzbier.

28/07/2010 Bamberg Rauchbier eleita a melhor cerveja do Mundo e das Américas no World Beer Awards 2010, Inglaterra.

23/10/2010 Cerveja Bamberg fatura 2 medalhas de ouro no Mondial de La Biére na França, com a Bamberg Rauchbier e Bamberg Schwarzbier;

10/02/2011 Eleita Cervejaria do Ano 2010 - Revista Prazeres da Mesa.

14/05/2011 Eleita Cervejaria do Ano 2011 na America do Sul - South Beer Cup. E conquista 4 medalhas de prata com as seguintes cervejas: Rauchbier, Schwarzbier, Munchen e Helles.
20/05/2011 Conquista de 5 medalhas de Bronze no Australian International Beer Awards 2011 com as seguintes cervejas: Rauchbier, Schwarzbier, Munchen, Alt e St. Michael.

08/09/2011 Na Copa Cervezas de América, no Chile, Bamberg conquista duas medalhas de prata coma Schwarzbier e a Munchen, medalha de ouro com a Weizen, melhor da categoria com a Weizen e o título de melhor cervejaria das Américas.

10/11/2011 Bamberg Altbier ganha medalha de ouro no European Beer Star 2011.

15/02/2012 Eleita Cervejaria do Ano 2011 - Revista Prazeres da Mesa.

25/03/2012 Medalha de Prata para a Bamberg St Michael na categoria cerveja especial, Medalha de Bronze para a Bamberg Rauchbier na categoria cerveja defumada,
Medalha Menção Honrosa para a Bamberg Helles na categoria Helles, todas no South Beer Cup 2012.

17/05/2012 Bamberg ganha 6 medalhas no Australian International Beer Awards 2012, 3 pratas com St Michael, Rauch, Pilsen e 3 bronzes com Altbier, Schwarzbier e Munchen.

24/07/2012 Bamberg ganha 8 medalhas no International Beer Charllenger, em Londres: Prata com Bamberg Altbier, Bamberg Kölsch, Bamberg Helles, Bamberg Maibaum; Bronze com Bamberg Camila Camila, Bamberg Schwarzbier, Bamberg Rauchbier, Bamberg St Michael.
07/09/2012 Bamberg ganha 3 medalhas no Copa Cervezas de América, no Chile, Ouro para Camila Camila e Prata para Bamberg Schwarzbier e Bamberg Munchen, além disso, fomos eleitos a Melhor Cervejaria das Américas.

14/11/2012: Bamberg Schwarzbier e Bamberg Rauchbier conquistam prata no European Beer Star.
20/03/2013: Ganhamos 6 medalhas no I Festival Brasileira da Cerveja, foram 3 pratas (Bamberg Munchen, Bamberg Rauchbier e Bamberg Altbier) e 3 Bronzes (Bamberg Camila Camila, Bamberg Helles e Bamberg Schwarzbier).

23/05/2013: Medalhas no Australian International Beer Awards 2013: Ouro para a Bamberg Altbier, e 3 bronzes (Bamberg Munchen, Bamberg Schwarzbier e Bamberg Rauchbier), além disso a Bamberg Altbier foi eleita a Best European Style Ale.
25/05/2013: Duas medalhas de prata no South Beer Cup 2013, nas categorias German Lager e Others Lager.

Um comentário:

Bruno El-Bennich disse...

Na verdade, essa coisa do "Reinheitsgebot existe para proteger a qualidade da cerveja" é mais um mito que até na Alemanha muitas pessoas acreditam. Mas o mito não é confirmado pela pesquisa. Primeiro, o que se chama hoje Reinheitsgebot não é dos anos 1493 ou 1517, é mais no século 20 que foi usada essa palavra quando chegaram cada vez mais cervejas adoecidas na Bavária de outros Estados. A razão das primeiras leis no século 15 e 16 era a prioridade do trigo para fazer pão e por isso que limitaram a cevada. Foi escolhido o lúpulo porque outras plantas usadas nessa época tinham qualidades alucinadoras ... então uma das primeiras leis contra drogas :-)

Menos mal que essa lei existe porque eu não gosto de milho ou de produtos industrias na minha cerveja. Mas vamos falar verdade, muitos cervejas incríveis da Bélgica não seguem o padrão de "Reinheitsgebot", mesma algumas que são orgânicas. E por isso acho que os Alemãs hoje tem problema em inovar. Eles ficam com o mesmo padrão de uma lei de 500 anos. Vale a pena assistir o filme do mestre da Schneider, Hans-Peter Drexler onde ele critica um pouco essa atitude:

https://www.youtube.com/watch?v=7tRDssDcfbY
https://www.youtube.com/watch?v=RQJaijSvI2A